Quantidade de Páginas visitadas

Histórico

Em 13 de março de 1952 foi instalado o Centro de Estudos e Pesquisas Educacionais da Secretaria de Educação e Cultura, com o intuito de receber professores de todo o estado do Paraná para estágios de aperfeiçoamento.

No ano de 1953, a Escola foi criada pelo Decreto nº 9864 de 02/07/53. A inauguração oficial ocorreu em 8 de janeiro de 1954, por ocasião da Conferência Nacional da Educação, tendo sido parte do programa de comemorações do centenário do Paraná, com o nome de Centro Educacional Guaíra.

Em 1956 foi instalada uma clínica psicológica, para estudos dos casos considerados difíceis, e, em decorrência, no ano de 1958, a primeira Classe Especial, para atender crianças excepcionais. Na ocasião não existia nenhuma escola especial no estado que fizesse atendimento para estes casos. Decorridos vinte anos, em 1978, o estabelecimento recebeu a primeira autorização, sob a Resolução nº 1567/78, para o funcionamento de classes especiais que propiciassem o atendimento a crianças excepcionais, na área da deficiência mental.

Em 1960 foi inaugurado, no estabelecimento de ensino, o 1º Pavilhão de Artes Industriais do Paraná.

Em 1963 foi sede da Coordenação Escolar do Complexo Guaíra, que compunha-se dos estabelecimentos de ensino: Centro Educacional Guaíra, Centro de Artes Industriais Guaíra, Grupo Escolar Doracy Cezarino, Escola Isolada Noturna Vila Parolin, Escola Imaculado Coração de Maria e Casa Escolar Imaculado Coração de Maria Noturno.

Em 1967, pelo Decreto nº 3477/67, o Centro Educacional Guaíra, foi autorizado a funcionar no período noturno, e, em 1972, recebeu Autorização Secretarial nº 1842 de 07/08/72 para funcionar a Fase I do Ensino Supletivo; em 1974 pela Deliberação 19/74 iniciou a Fase II que teve a Autorização Secretarial nº 2892/74.

Em 1972 com a implantação da Lei 5692/71, começou a funcionar a 5ª Série do 1º Grau e a escola passou a oferecer o 1º Grau gradativamente.

No ano de 1975, através do Decreto nº 1356 de 23/12/75, foi autorizado o funcionamento do Centro Educacional Guaíra e do Centro de Artes Industriais Guaíra, que passou a ser um único Estabelecimento de Ensino.

De acordo com a Deliberação nº 040/75 do Conselho Estadual de Educação, o estabelecimento passou a chamar-se Escola Guaíra – Ensino Regular e Supletivo de 1º Grau.

No ano de 1983, o estabelecimento passou a denominar-se Escola Estadual Guaíra, através da Resolução 189/83 de 20/01/83.

Em 1991, através da Resolução nº 1390/91, foi autorizado o funcionamento do curso de 2º Grau – Habilitação Magistério, passando o estabelecimento a chamar-se Colégio Estadual Guaíra – Ensino de 1º Grau Regular e Supletivo e de 2º Grau Regular. O curso de magistério funcionou até 1999, quando foi extinto.

Pela Resolução nº 3120/98 – DOE 5332 de 11/09/98, o Colégio passou a denominar-se Colégio Estadual Guaíra – Ensino Fundamental e Médio.

Atualmente o Colégio funciona no período matutino, vespertino e noturno; atende ao Ensino Fundamental, Classe Especial e Ensino Médio.


A idealização, supervisão e concretização dessa obra devemos à Professora Pórcia Guimarães Alves, fundadora e primeira diretora da escola.

Sob a direção da professora Pórcia até o ano de 1963, depois sob a direção das professoras Nacyr Gianini, Maria Luiza Ceccato, Maria José Kerry Chagas, Norma Gonçalves, Rosilda Mattana Gesnner e atualmente, da professora Norma Gonçalves, o colégio sempre desfrutou de alto conceito como escola modelo.



Gestão Atual

Desde 1990 o curso do Col. Est. Guaíra é norteado pela Profª Norma Gonçalves e sua equipe. Ela Procurou dar continuidade ao trabalho iniciado pela Profª Pórcia Guimarães Alves, seguido pelas diretoras Nacyr Gianini, Maria Luiza Ceccato, Maria José Kerry Chagas e Rosilda Mattana Gesnner, todas educadoras e vanguardistas, empenhadas cada uma delas em promover e enaltecer o nome deste Colégio nos meios educacionais.

Neste colégio há a preocupação constante com o crescimento do aluno através da procura de vários suportes educacionais, entre eles a Classe Especial, Sala de Recursos e Sala de Apoio. Existe um trabalho de psicologia realizado pela Profª Norma e sua equipe de Pedagogas e Psicopedagogas, manifestado pela procura de maior atendimento do aluno em diferentes etapas de crescimento, avaliação psicoeducacional e encaminhamento de crianças e adolescentes para diferentes formas de atendimentos especializados.

Na complementação pedagógica das diferentes disciplinas é válido ressaltar a participação em visitas a museus, jogos colegiais, projeto Horta, Festa das Nações, Fera, CONAE – democratização do acesso, permanência e sucesso escolar –, Saúde e Prevenção nas Escolas, Projeto “História e Memória” (fotografia), torneios internos de jogos e participação e encaminhamento aos projetos da Prefeitura Municipal de “Inter-praças”, em que alguns dos nossos alunos jogam futebol na Praça do Atlético.

Estabeleceu ainda parcerias com a comunidade, em programas como: “Pé no Palco”, “Minha Vida Filmo Eu” , “Florescer”, “Provim”. Por estarmos inseridos entre as comunidades do Bairro Parolin e Vila das Torres, o direcionamento das questões pedagógicas tem que necessariamente estar voltado para o social, com suas intervenientes em constante enfoque.

Outra realização desta Direção foi a reativação do Grêmio Estudantil e o redimensionamento da atuação do Conselho Escolar e da APMF.

O resultado da última eleição mostrou que o caminho trilhado é o esperado pela comunidade, pois a atual Direção foi eleita com 98% dos votos da comunidade escolar, o que revela o quanto é compromissada com a educação e respeitada pelos professores, funcionários, alunos e pais, nesta difícil luta de ser gestora e educadora.

Do ponto de vista estrutural, foram realizadas as seguintes obras:

  • cobertura da quadra poliesportiva;

  • modernização e informatização da biblioteca, bem como a aquisição de novos livros e revistas;

  • implantação do laboratório de informática – PR Digital e Pró-info;

  • consertos na parte elétrica e hidráulica;

  • reformas nos banheiros;

  • pintura interna e externa do colégio;

  • instalação de portão elétrico na entrada para a secretaria;

  • instalação de Tvs-pendrive nas salas de aula;

  • aquisição de ventiladores, DVD's e data-show;

  • aquisição de armário de cozinha;

  • aquisição de material de apoio pedagógico;

  • manutenção periódica do piso e da aparelhagem de som (utilizado para toque de sinal e avisos);

  • aquisição de materiais para uso da secretaria (a exemplo: guilhotinas, encadernadora, plastificadora, filtro de água etc);

  • aquisição contínua de materiais esportivos para aulas de Educação Física;

  • ampliação e revitalização da secretaria do colégio;

  • aquisição de aparelhagem para o Grêmio Estudantil.

















Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito